RAIVA sentimento – Modos aceitáveis de expressar raiva

RAIVA sentimento – Modos aceitáveis de expressar raiva

24/10/2019 2 Por Najma Alencar
Tempo de leitura: < 1 minuto

Raiva

A raiva é uma reação emocional e fisiológica básica e geralmente se apresenta quando um objetivo é interrompido. Ela é uma emoção normal e inevitável.

É muito comum as pessoas não saberem lidar com a expressão da raiva, um dos motivos é que ela pode ser canalizada para a ação/movimento, transformando em agressividade, e também existe o receio de que essa agressividade se transforme em violência e saia do controle.

Existem modos aceitáveis e inaceitáveis para a expressão da raiva.
A primeira, se refere ao momento em que se fala de forma mais rígida nomeando a situação que gerou raiva. Já o modo inaceitável é quando a expressão vai para ação física destrutiva, tanto verbal quanto forma de agir. A alternativa aqui, é buscar meios aceitáveis, querer fazer isso é um passo na evolução do desenvolvimento do sujeito.

Como eu disse ali no início, a raiva é normal e inevitável, com uma grande ressalva! Ela pode estar sendo escudo de outros sentimentos ou acontecimentos. Condutas agressivas podem encobrir sentimentos de rejeição, tristeza, medo, baixa tolerância a frustração, baixa autoestima e principalmente a vulnerabilidade.

O tal ”gênio forte” é um argumento usado para camuflar a incapacidade de administrar a própria raiva e muitas vezes usado como álibi para agir sem controle e sem responsabilidade. É preciso dominar as reações impulsivas que temos a partir da raiva, devemos transformá-la em acordos construtivos.